Montanha Russa

quarta-feira, março 12, 2014


As vezes, parecia que eu não pertencia 
a lugar nenhum 
e a todos ao mesmo tempo.
sendo de todos ou de ninguém ali.
As vezes me sentia um nada, 
mas também não sentia mais nada.
Algo confuso de quem não se bastava,
mas como eu queria.

Ontem você estava aqui.
E parece que faz tanto tempo.

E se não tiver drama, a gente inventa.
Cercados de risos ou de carência,
montanha russa que nos alimenta.


M.L.V.


Você poderá gostar

0 comentários










Subscribe